Somos

Diferentes

Há quase três anos, o Colégio Axia nasce de um desejo claro de oferecer à comunidade maringaense uma educação diferente da que está posta. Sem desconsiderar a legislação que norteia o ensino médio, nossa proposta pedagógica, bem como o trabalho desenvolvido em sala de aula, tem dois princípios que norteiam as ações na sua essência. O sentimento de pertencimento e o desejo de fazer a diferença, de ser a diferença, de se construir como agente da mudança.


O sentimento de pertencimento é definido no dicionário da seguinte forma: “é a crença subjetiva numa origem comum que une distintos indivíduos. Significa que precisamos nos sentir como pertencentes a tal lugar e ao mesmo tempo sentir que esse tal lugar nos pertence, e que assim acreditemos que podemos interferir e, mais do que tudo, que vale a pena interferir na rotina e nos rumos desse tal lugar”.


Os leitores desse texto talvez estejam se perguntando como um colégio pode trabalhar com tais dimensões? Isso não seria utopia?


Acreditamos que as grandes mudanças nascem dos pequenos gestos, pelo simples. E, por ser simples, também muito difícil de realizar, já que estamos numa sociedade do espetáculo, do luxo, do efêmero, da tecnologia de ponta.

Por isso, investimos no atendimento que aproxima aluno e equipe pedagógica. Os alunos se sentem acolhidos e isso desencadeia nos mesmos a tranquilidade em expressar as suas ideias, suas dúvidas, seus medos. Isso gera o sentimento de pertença. Só aquele que se sente pertencente a um lugar consegue se colocar no lugar do outro, pensar no bem coletivo e, assim, buscar realizar ações que façam a diferença na vida das pessoas.


Temos clareza de que o trabalho com o ensino médio não pode desconsiderar os desafios postos pela sociedade, os concursos vestibulares, o PAS, o ENEM, mas não apenas isso. É preciso enxergar o humano que existe no aluno que se pretende formar. Aí está à essência do trabalho desenvolvido no Colégio Axia.


É no movimento das aulas que levamos a ciência que auxilia o aluno na construção de um conhecimento que o ajude a enfrentar os desafios. Isso só é possível quando se tem um corpo docente de excelência. Professores com vasta experiência na docência, que estabelecem vínculos com os alunos, que estão abertos ao diálogo, a partilha, que desenvolveram a arte da “escuta” e que tem autoridade em ensinar.


Cursos e Projetos

Extras

Voltar